Relatórios CEJA

INSTITUIÇÕES DE ACOLHIMENTO NA PARAÍBA

A CEJA – Comissão Estadual Judiciária de Adoção realizou um levantamento nas instituições da Paraíba a fim de traçar um perfil e, a partir dai, poder melhorar as condições de atendimento e, consequentemente, oferecer mais proteção às crianças e adolescentes acolhidos.</>

Atualmente, a Paraíba possui 33 (trinta e três ) Instituições de Acolhimento, situadas em 22 (vinte e duas) Comarcas, com 378 (trezentos e setenta e oito) acolhidos. O tempo médio de permanência na Instituição é de 1 ano e 8 meses.

ADOÇÕES NA PARAÍBA

Anualmente, a CEJA – Comissão Estadual Judiciária de Adoção faz um levantamento sobre o número de adoções no Estado da Paraíba com o objetivo de traçar um panorama de como estão acontecendo essas ações. Para isso, são considerados alguns aspectos, como o tipo da adoção; se o SNA – Sistema Nacional de Adoção e Acolhimento está sendo utilizado, ou não; qual o estado de domicílio dos pretendentes, entre outros aspectos.

Este trabalho nos permite, a partir desse panorama, efetivar ações que possibilitem agilidade nos processos, bem como, verificar o crescimento da adoção nos diversos municípios paraibanos, podendo intervir para fomentar uma política voltada para o estímulo e apoio à adoção de crianças e adolescentes.

A Paraíba possui, atualmente, 63 (sessenta e três ) Comarcas. Em 2018 foram realizadas 137 (cento e trinta e sete ) adoções, sendo que destas, apenas 03 (três) pretendentes residem em outros estados.

 

Para uma melhor exposição dos números referentes à adoção no ano de 2018 e referentes à acolhimento no primeiro simestre de 2019 , seguem  abaixo os relatórios: 

 

 

Ranking das Comarcas com o maior número de adoções: 

 

 

Porcentagem de adoções por comarca:

 

 

Número de acolhidos por Comarca x Tempo médio de acolhimento: 

 

 

Quantidade de adoção x Quantidade de adoções Intuitu Personae:

 

 

Quantidade de relação de pretendentes locais x de outros estados: 

Acesso as planilhas com os dados: